Header Ads

NTAgora

Compartilhe:

PRESO MOTORISTA DE UBER TRAFICANTE QUE ATENDIA UNIVERSITÁRIOS EM PALMAS


Cinco pessoas que trabalhavam com tráfico foram presos pela Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) em Palmas entre a noite de quinta-feira (23) e madrugada desta sexta-feira (24) . Segundo a polícia, um dos criminosos era motorista do aplicativo Uber.


Os criminosos atendiam principalmente universitários e estariam se preparando para vender drogas em grandes eventos musicais que serão realizados nos próximos dias. A Denarc apreendeu porções de skank, conhecida como supermaconha, LSD, maconha, cocaína e ecstasy.

Foram presos:

Arthur Gimenez Urbano, 22 anos;

Enoel Menezes Correa, 20 anos;
Kaio Graco Ferreira Luz Gariglio, de 19 anos;
Pedro Paulo Martins Lustosa, de 22 anos;
Felipe Lucas Pereira da Costa, de 22 anos. (Traficante)

Ainda segundo a polícia, Urbano, Correa e Gariglio possuíam ligações com uma organização criminosa do Acre e recebiam as remessas de drogas pelos Correios. 

A prisão deles contou com o apoio da Coordenação de Segurança Empresarial dos Correios e da Polícia Civil do Acre.

No caso de Felipe Lucas, segundo a polícia, ele era motorista de Uber e utilizava a atividade para traficar durante a noite sem levantar suspeitas.


Todas as prisões foram feitas em quadras do plano diretor sul, na região central da cidade.

As informações são do PortalG1/Tocantins

Os perigos 


Recentemente o Uber foi proibido em Londres e a proibição tornou-se um dos assuntos mais comentados da web.

O Uber sempre foi rodeado de muitas polêmicas, e alguns especialista não recomendam a utilização do serviço.

Fique atento


O aplicativo é uma multinacional, originária dos Estados Unidos da América. Do ramo de transporte privado urbano, muito semelhante ao táxi.

Após cinco anos da fundação do Uber, a empresa foi avaliada em 18,2 bilhões de dólares.
O Uber se posicionou como um forte corrente dos táxis.

Atualmente ele é um aplicativo destina a dispositivos móveis, que gera o contato direto entre passageiro e condutor.

A principal ferramenta do aplicativo é o GPS.

A empresa gerou um enorme alvoroço no mercado de transporte, por não seguir as normas administrativas e comerciais do ramo.

O objetivo central do aplicativo é oferecer aos usuários o serviço de transporte público privado a um preço acessível.

Desvantagens graves do Aplicativo UBER


1 - Vulnerabilidade dos usuários;
2 - Desconfiança sobre a conduta do profissional devido à rápida e fácil integração à rede (como no caso do traficante desta reportagem);
3 - Falta de amparo mediante má conduta do motorista caso ocorra algum tipo de ocorrência ou crime contra o passageiro.


Cuidados ao solicitar o UBER

Várias notícias de assaltos a motoristas do UBER foram noticiadas na mídia nos últimos meses e estão
 sendo vítimas da criminalidade; portanto, toda atenção é devida. 

Acompanhe uma das narrativas que chegou ao nosso conhecimento


É comum o passageiro do UBER ficar esperando o veículo na calçada e com o celular na mão. Uma moça de 25 anos aguardava a chegada do carro solicitado. Em dado momento, um veículo para na sua frente e o motorista gentilmente pergunta:

“A senhorita que chamou o UBER?”

A mulher, antes de entrar no automóvel, perguntou o nome do condutor o qual começou a gaguejar. Ela imediatamente percebeu que havia algo errado e foi conferir a placa do carro; para sua surpresa, não correspondia a indicada no aplicativo. Nesse mesmo instante, parou logo atrás o veículo que realmente era cadastrado no aplicativo e ela entrou rapidamente.

A passageira agiu corretamente, pois se tivesse entrado no primeiro carro teria sido assaltada. Clientes de aplicativos como o de UBER sempre devem decorar a placa e o nome do motorista indicado na chamada.


Dicas de segurança 

Outra dica importante, é não ficar na calçada com o celular na mão, pois além de correr risco de assalto, demonstra estar aguardando carro chamado por aplicativo, o que dá margem a criminosos de se passarem por motoristas da UBER. 

Geralmente, os carros da UBER param próximo da localidade chamada pelo cliente, com margem de erro que pode variar em torno de 50 metros. Eles têm a orientação de parar o carro e ligar o pisca alerta.

Portanto, ao solicitar veículo por qualquer aplicativo, procure permanecer dentro de algum estabelecimento ou residência e aguarde o carro chegar. 

Ao notar que um veículo parou nas imediações, confira a placa, mas antes de entrar pergunte o nome do motorista. Havendo discordância, não prolongue a conversa, deixe rapidamente o local no contra fluxo de direção, pois a possibilidade de assalto é grande.

Outro problema comum que vem ocorrendo, é quanto a clientes do UBER que solicitam um carro e ficam na calçada, com o smartphone na mão acompanhando o trajeto do motorista solicitado. Esse tipo de atitude é prato cheio para algum marginal que estiver passando a pé, de moto ou de bicicleta realizar a subtração. 

Portanto, o mais seguro infelizmente é o mais caro, neste caso os táxis. O Uber e outros aplicativos como o recente 99, acabam sendo o barato que sai caro e pode até custar uma vida.

As informações são do PortalG1/Tocantins