Header Ads

NTAgora

Compartilhe:

DERROTA DE BOLSONARO NO TOCANTINS ENFRAQUECE CARLESSE QUE FICOU NEUTRO NESTAS ELEIÇÕES


A derrota do presidente eleito Jair Bolsonaro no Tocantins nesse domingo, 28, recai diretamente sobre a direção regional do PSL e deixa o Palácio Araguaia numa situação pouco confortável com o próximo comandante do País.

O petista Fernando Haddad venceu no Estado com 51,02% dos votos válidos contra 48,98% para Bolsonaro. No primeiro turno, o capitão tinha vencido (44,64% contra 41,12%).

Dessa forma, o PSL do Tocantins deve ter dificuldade para se colocar como principal elo entre o Estado e o Palácio do Planalto.

Já Carlesse preferiu não entrar na campanha. Se não perdeu com o resultado, também não contribuiu para melhorar o desempenho do presidente eleito no Tocantins. Assim, estará desprestigiado diante do novo governo federal.

O significado de tudo isso é que o senador eleito Eduardo Gomes (SD) se torna ainda mais forte diante do governo Jair Bolsonaro, a quem é muito próximo desde a época em que o tocantinense foi primeiro-secretário da Câmara. Como ninguém se sobressaiu neste segundo turno para ganhar prestígio junto ao presidente eleito, Gomes voa em céu de brigadeiro.

Por PortalCt