Header Ads

NTAgora

Compartilhe:

PARA OUVIR EX-PREFEITO DE PALMAS E EX-SECRETÁRIOS COMISSÃO DE CPI ACIONARÁ POLÍCIA E JUDICIÁRIO


Os convocados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Instituto de Previdência Social de Palmas (PreviPalmas) para prestar esclarecimentos nesta terça-feira, 30, serão ouvidos na próxima terça-feira, 6 de novembro. 


A priori, os depoimentos que seriam prestados em duas datas, ficou reservada apenas a uma. A CPI do PreviPalmas também decidiu em sessão pedir auxílio de outros órgãos
Sobre a mudança de datas, a assessoria da CPI do PreviPalmas voltou a explicar que deve-se à necessidade de se ter um prazo maior para que todos os intimados possam se organizar, cumprir com a convocação e serem ouvidos. 
Na sessão, a direção chegou a falar que algumas intimações não teriam sido entregues, mas os nomes não foram revelados.
Outra deliberação da reunião foi referente às solicitações de apoio feitas a alguns órgãos para auxílio durante as oitivas. Ao Ministério Público Estadual (MPE) foi pedido a presença de um promotor, à Polícia Civil (PC), um delegado; ao Tribunal de Justiça (TJTO), o suporte de um analista, de um oficial e de um servidor para a realização dos serviços especializados de transcrição de sessões.
Ao Fórum de Palmas também foi solicitado o suporte de um oficial de justiça e a Polícia Militar foi acionada para ceder militares. À Assembleia Legislativa do Tocantins também foi solicitado o suporte para a realização dos serviços especializados de transcrição de sessões.
No dia 6 de novembro serão ouvidos os depoimentos:

Maxcilane Machado Fleury, do ex-presidente do PreviPalmas;

Fábio Costa Martins, ex-diretor de investimentos do PreviPalmas;

Christian Zini, ex-secretário de finanças de Palmas;

Adir Gentil, ex-secretário chefe da casa civil de Palmas;

Vera Lúcia Thoma Isomura, ex-secretária de finanças de Palmas e

Maria Cristina Carreira, coordenadora do Projeto de auditoria pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe).

Por portalct