Noticias do Tocantins

Thursday, 22 de February de 2024
MENU

Policial

PF deflagra operações na Educação em Palmas: dinheiro é apreendido e prisão efetuada

PF deflagra operações na Educação em Palmas: dinheiro é apreendido e prisão efetuada

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Atualização - Fontes do Portal T1 Notícias confirmaram no final desta manhã grande volume de dinheiro encontrado em um dos endereços da Capital onde a Polícia Federal cumpriu mandados. O secretário Edmilson das virges estaria preso temporariamente em razão do fato. O volume de recursos em espécie não foi divulgado ainda autoridade que comanda o inquérito ainda não foram confirmados. (12h17)

Veja abaixo nota de esclarecimento da Prefeitura de Palmas

Prefeitura informa em Nota que colabora com investigações

"A Prefeitura de Palmas informa que o contrato emergencial do transporte escolar, alvo da investigação e operação na manhã desta quinta-feira, foi assinado e está em vigência para atender a mais de 3 mil crianças/dia, residentes na zona rural. 

O contrato foi feito emergencialmente no início do ano, com dispensa de licitação, por falta de empresas que se enquadravam no processo licitatório elaborado pela gestão. O processo de licitação para contratação definitiva de empresa para atuar no transporte escolar está em curso, com o Pregão Eletrônico realizado ainda nesta quinta-feira, 10. 

Já com relação ao contrato de aquisição de materiais didáticos, a gestão informa que o processo foi executado cumprindo os princípios legais, e que todas as informações foram repassadas aos órgãos de controle quando solicitadas, inclusive a ação foi arquivada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

A gestão municipal informa, ainda, que segue colaborando com o trabalho da polícia e toda investigação para que tudo seja devidamente esclarecido"

Mais cedo

A Polícia Federal amanheceu no sexto andar do prédio que abriga o paço Municipal na JK, para cumprir mandados de busca e apreensão de processos relacionados a contratação de serviços pela Secretaria Municipal de Educação na Capital.

As operações, denominadas “Segundo Plano”e “Plano Inserto”, buscam averiguar denúncias de contratação direta ilegal, corrupção e lavagem de dinheiro. 

Em tela, dois processos:o primeiro deles envolve a contratação de uma empresa para fornecer kits pedagógicos para as escolas, sem passar por um processo de licitação. O outro caso foi a da contratação de uma empresa de forma emergencial, também sem licitação, para realizar o transporte escolar de alunos da Zona Rural. Os contratos em questão somam mais de 30 milhões de reais. 

Os dois temas foram objeto de denúncias na Câmara Municipal, ainda no ano passado, por parte da então vereadora Janad Valcari, que teria formalizado denúncias à PF e encaminhado documentos, e por parte do vereador Rogério de Freitas.

Segundo nota às imprensa, distribuída pela PF em Palmas, os Policiais Federais cumprem (14) mandados de busca e apreensão expedidos pela 4a Vara Federal da Seção Judiciária do Tocantins. A ações policiais foram executadas nas cidades de Palmas/TO, São Paulo/SP e Brasília/DF. 

Além da Educação, os policiais visitaram a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, as residências da Secretária Fátima Senna e do secretário Edmilson das Virgens.

Novas informações ao longo do dia.

(Com informações da assessoria de comunicação da PF)

Fonte: Portal T1 Noticias

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!